(12) 9.9666-2753

Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural

22 de agosto de 2016 //

O início dos trabalhos do psicólogo Dr. Feuerstein em Israel, em 1958, partiu da necessidade de integrar jovens, adolescentes, crianças e adultos que chegaram como imigrantes de vários países europeus e também do Oriente Médio e que manifestavam grandes dificuldades a mudar e a aprender. Na interação de Feuerstein com estes, ele sentiu que existia um potencial interno, que por vários motivos não se manifestavam exteriormente.

Indagou-se na época, porque certas pessoas que têm bom potencial de aprendizagem ou bom funcionamento mental, não conseguem converter esse potencial num funcionamento exteriorizado e perceptivo.

Essas pesquisas levaram Feuerstein e seus colaboradores a desenvolverem a seguinte teoria: Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural (MCE), onde se descreve a capacidade que o organismo humano possui de mudar a estrutura do seu funcionamento, considerando a inteligência como um processo dinâmico de autorregulação capaz de dar respostas aos estímulos ambientais.

Em sua teoria, toda pessoa é capaz de elevar seu potencial de inteligência, independentemente da idade ou problema que possa ter em qualquer momento da vida.

Para Feuerstein, aprender significa mudar intensamente, mas nem toda mudança pode ser considerada uma mudança cognitiva estrutural. Algumas mudanças são mais superficiais, outras têm características de uma mudança estrutural ou significativa.

Muitas vezes, alunos que terminam sua formação educacional não obtém um aprendizado escolar disponível e “útil” na sua vida profissional ou pessoal, ou seja, esse aprendizado gerou mudanças que não são caracterizadas estruturais.

Para o SUPERA Neuroeducação, a noção de modificabilidade é de certa forma o mesmo que potencial de aprendizagem.

O SUPERA Neuroeducação vai potencializar as competências cognitivas, socioemocionais e éticas dos alunos por meio de ferramentas pedagógicas que impactam na performance e superação de dificuldades, bem como, a longo prazo, relacionados à saúde e qualidade de vida, no desempenho da concentração, raciocínio, memória, criatividade, autoestima, perseverança, coordenação motora e a capacidade de resolver problemas de forma criativa e inovadora.

Contato

Envie sua mensagem pelo formulário de contato ou através do telefone e rede sociais:

PrivadaPublica