(12) 9.9666-2753

Como melhorar a memória de trabalho dos alunos

Como melhorar a memória de trabalho dos alunos

15 de setembro de 2016 //

Seu aluno tem dificuldades para manter uma certa quantidade de informações em foco, assim como trabalhar com essa informação? Se a resposta for sim, ele pode ter dificuldades em relação à memória de trabalho. Esse tipo de memória conserva por alguns segundos as informações dos elementos acessíveis e úteis a uma determinada atividade. Além disso, a memória de trabalho é necessária para realizar tarefas cognitivas, tais como estabelecer uma relação entre dois assuntos, fazer cálculos apenas com a mente e estabelecer uma ordem de prioridade entre várias tarefas. De acordo com a psicopedagoga e especialista em jogos Lilia Maíse de Jorge, a memória de trabalho não deixa arquivos armazenados permanentemente. “A memória de trabalho é utilizada para recordar palavras lidas

Continue lendo

Palestra com especialista no Dia Mundial do Alzheimer

15 de setembro de 2016 //

É possível retardar o aparecimento dos sintomas do Alzheimer com exercícios que estimulam neurônios e aumentam a reserva cognitiva No Dia Mundial do Alzheimer, 21 de setembro, o SUPERA vai promover uma palestra gratuita sobre a doença na internet. O objetivo é conscientizar a população sobre os cuidados que se deve ter para manter a mente sempre saudável. O webinário sobre Alzheimer será conduzido pela gerontóloga Thaís Bento Lima, da Universidade de São Paulo, Mestre e Doutoranda em Neurologia Cognitiva e Envelhecimento. A palestra começa às 14h30, horário de Brasília, e é aberta ao público. Alunos, amigos e familiares poderão assistir e interagir com a especialista, enviando as principais dúvidas sobre o assunto no chat. Quem não conseguir assistir neste

Continue lendo

Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural

22 de agosto de 2016 //

O início dos trabalhos do psicólogo Dr. Feuerstein em Israel, em 1958, partiu da necessidade de integrar jovens, adolescentes, crianças e adultos que chegaram como imigrantes de vários países europeus e também do Oriente Médio e que manifestavam grandes dificuldades a mudar e a aprender. Na interação de Feuerstein com estes, ele sentiu que existia um potencial interno, que por vários motivos não se manifestavam exteriormente. Indagou-se na época, porque certas pessoas que têm bom potencial de aprendizagem ou bom funcionamento mental, não conseguem converter esse potencial num funcionamento exteriorizado e perceptivo. Essas pesquisas levaram Feuerstein e seus colaboradores a desenvolverem a seguinte teoria: Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural (MCE), onde se descreve a capacidade que o organismo humano possui

Continue lendo

Escolas apostam em jogos para a mente

22 de agosto de 2016 //

A aplicação do Método SUPERA de desenvolvimento cognitivo nas escolas vem se ampliando em todo o Brasil e, com isso, cresce também seu espaço na mídia. Neste mês, o Projeto Neuroeducação foi destaque em uma matéria publicada pela Istoé na internet. A reportagem é de autoria da agência de notícias Estadão Conteúdo e apresenta a ginástica cerebral como opção para manter a mente ativa mesmo diante das facilidades que a tecnologia proporciona no nosso cotidiano. A professora de matemática Maria Cristina Quaglio está de acordo. Ela leciona no Colégio Irene Bargieri, em Peruíbe (SP), e é responsável pela aplicação das aulas do SUPERA na instituição, que adotou o método no início deste ano para 148 alunos. Ela conta à reportagem

Continue lendo

SUPERA participa de encontro sobre neurociência

3 de março de 2016 //

A neurociência aplicada à educação de crianças e jovens é cada vez mais vista como uma revolução para o meio educacional. Tendo em vista a importância desse assunto para o desenvolvimento dos alunos, o SUPERA Esplanada (SP) participou, no último fim de semana, do 7º Encontro de Psicopedagogia Clínica e Institucional, com o tema “Psicopedagogia e Neurociência”. Promovido pela UNIVAP (Universidade do Vale do Paraíba), alunos, professores e profissionais da área social, educação e saúde puderam assistir e participar de palestras e workshops ministrados por especialistas sobre os estudos do funcionamento do cérebro, desenvolvimento cognitivo e contribuições da psicopedagogia para o aprendizado. Ao todo, mais de 150 pessoas estiveram presentes durante os dois dias de evento. Na abertura do encontro,

Continue lendo

Medo da matemática

29 de janeiro de 2016 //

Para muitas crianças, a palavra “matemática” provoca emoções que variam de ansiedade a desgosto ou medo. Esses sentimentos criam uma barreira e impedem muitos alunos de estudar disciplinas desafiadoras, como a própria matemática. De acordo com alguns pesquisadores, crianças começam a ter medo da matemática a partir do momento em que fracassam em tarefas envolvendo aritmética. Por isso, é tão importante que professores ofereçam retorno imediato e avaliação contínua depois de cada lição (elaborada com perguntas, exercícios e desafios). O objetivo é esclarecer equívocos e dúvidas antes de passar para a próxima fase, ao invés de testar a classe inteira depois de uma semana, por exemplo. Em 2012, um estudo que examinou tomografias do cérebro de crianças de 7 a

Continue lendo

Projeto Neuroeducação para o Ensino Médio

29 de janeiro de 2016 //

O Projeto Neuroeducação, metodologia desenvolvida pelo SUPERA voltada exclusivamente para escolas públicas e particulares, atende mais de 200 alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental da Escola Regina Servita Pacis, em Carangola (MG). Em 2016, a turma do 1º ano do Ensino Médio se integra as aulas de desenvolvimento cognitivo. A escola implantou o Projeto Neuroeducação em fevereiro de 2014. A coordenadora pedagógica, Rozely Cândida, já notou a diferença nos alunos, principalmente em relação ao comportamento em sala. “Mesmo com alguns desafios em calcular com o ábaco, todos se superam a cada semana. Os alunos estão mais interessados e mais responsáveis com as lições de casa”, diz Rozely. A partir de março, os alunos do 1º ano do

Continue lendo

SUPERA lança Campanha Nacional

13 de agosto de 2015 //

As silhuetas de Albert Einstein e Santos Dumont abrem a campanha inteligente, criativa, moderna e cool do SUPERA, rede de escolas de exercícios para o cérebro. Com o slogan “Treine seu cérebro. Vá mais longe”, a ação foi elaborada em parceria com a agência MidiaNext, do Grupo FocusNetWorks, uma forma de pensar a publicidade conectando pessoas no ambiente digital e no mundo real. O objetivo da campanha é reforçar a ideia de que praticar exercícios para o cérebro é uma das maneiras mais saudáveis de conquistar um cérebro ágil. A campanha prevê investimentos no meio digital, inclusive nas redes sociais do SUPERA. A agência também criou material para divulgar a campanha em pontos diferentes, banners, camisetas, cartazes, faixas, flyers, take

Continue lendo

Melodia para o cérebro

13 de agosto de 2015 //

Com as facilidades tecnológicas, a neurociência está conseguindo comprovar que o conhecimento musical provoca alterações estruturais no cérebro e que, de fato, trazem ganhos importantes em outras áreas intelectuais. Ao mesmo tempo, a música pode ser uma forte aliada no ensino as crianças. Ao ouvir atentamente uma música, ativa-se diversas áreas do cérebro ao mesmo tempo, num exercício prazeroso que finalmente vem ganhando reconhecimento por sua função terapêutica em vários tipos de situações. Se escutar já traz vantagens, os ganhos de se aprender um instrumento são imensamente superiores e definitivos. Um dos mais recentes estudos que comprovam esses ganhos foi realizado por pesquisadores da Universidade de Medicina de Vermont, nos Estados Unidos, com 232 crianças entre 6 e 18 anos.

Continue lendo

SUPERA em Congresso de Educação

4 de agosto de 2015 //

Durante o mês de julho, o município de Lucas do Rio Verde (MT) sediou o II Congresso Internacional de Educação, realizado entre os dias 15 a 17. Organizado pela Faculdade La Salle ao lado da Prefeitura Municipal, o evento contou com a participação de mil congressistas e tratou sobre aprendizagem e neurociência em sala de aula. O SUPERA Cuiabá também marcou presença no evento com um estande para quem quisesse conhecer de perto a metodologia e experimentar os jogos. “Apresentamos o Projeto SUPERA Neuroeducação e foi um sucesso. Nosso principal objetivo era o de mostrar que a ginástica cerebral ganha cada vez mais espaço nas escolas públicas e privadas do país, além de comprovar os benefícios com os resultados das

Continue lendo

Contato

Envie sua mensagem pelo formulário de contato ou através do telefone e rede sociais:

PrivadaPublica